• R. São Cândido, 397 - Salesianos
  • (88) 3512-2075
  • contato@sisemjun.org.br



Prefeitura se manifesta sobre as denúncias do SISEMJUN

No dia 18 de Maio, o então Vice-Presidente do SISEMJUN, Edson Xavier e o Jornalista Leandro Medeiros, da Assessoria de Comunicação do Sindicato, visitaram os dois Cemitérios Públicos Municipais de Juazeiro do Norte-CE, com a intenção de averiguar denúncias sobre a falta de condições de segurança e a precarização do trabalho dos referidos servidores.

Ao chegar nos Cemitérios São João Batista e do Socorro foi constatado a precariedade das condições de trabalho dos Coveiros, bem como a falta de Equipamentos de Proteção Individual – EPIs e as péssimas instalações dos locais de trabalho dos Funcionários.

Diante disso, o SISEMJUN tornou público essa grave violação dos direitos humanos, na perspectiva do governo municipal garantir os EPIs e uma estrutura digna nos locais de trabalho aos Coveiros.

Dias depois da veiculação da denúncia em sites e blogs de circulação local e nacional, a Prefeitura Municipal decidiu se pronunciar nesta terça-feira, 16/06, em seu site institucional.

Em Nota, a Prefeitura comunica que "os servidores dos cemitérios públicos juazeirenses continuam os trabalhos com todos os equipamentos de proteção individual, tudo conforme prescreve os decretos municipal e estadual, com ações para evitar a disseminação da Covid-19.”

O Governo Municipal também anunciou a chegada de EPIs a serem disponibilizados aos Funcionários. Além disso, diante das péssimas estruturas nos locais de trabalho foi alegado que já havia uma licitação em curso antes da pandemia para a reforma desses espaços. Entretanto, “teve que ser revogada devido a algumas recomendações da SEMACE e do Ministério Público Estadual”, afirma a Nota.

Sobre isso, também foi informado a elaboração de um novo Projeto, com a devida observância do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, com a construção de um Vestiário no Cemitério São João Batista.

Por fim, é importante destacar que em nenhum momento foi reconhecido a falta de EPI's e a Nota ainda menospreza as denúncias como se elas sequer tivessem sido feitas, apresentado em seu texto uma falsa normalidade na distribuição de EPIs para os funcionários dos respectivos Cemitérios.

É o SISEMJUN na Luta Por Mais Direitos aos Trabalhadores!

ASCOM - SISEMJUN

Leandro Medeeiros